Ligue Agora: (11) 4704-2530

Notícias

Fique por dentro das novidades do setor

Hábitos prejudiciais para sua vidraçaria: veja as dicas da UBV sobre o assunto

Empreender a própria vidraçaria é um desafio e tanto, e como tudo o mais na vida, não vem com um manual de instruções sobre como lidar com as surpresas e eventuais problemas que surgirem


 

 

Muitos vidraceiros costumam dizer que a experiência ensina, e os calos das mãos irão sempre lembrá-los do trabalho pesado que já concretizaram. Mas nem tudo precisa ser pedras, se você souber como contornar alguns problemas de antemão. Confira nossas cinco dicas para eliminar hábitos ruins que podem estar atrapalhando o crescimento de sua vidraçaria:

 

1 - Não saber separar contas particulares das contas da vidraçaria

Essa é fatal. O vidraceiro resolve que para deixar tudo mais prático, controlará as contas da vidraçaria e as de sua família juntas. É muito tentador organizar dessa maneira, já que parece ser bem mais fácil e rápido. Ledo engano. No final do mês, o vidraceiro pode acabar tirando o que era de casa para pagar um extra da vidraçaria, e depois acaba tirando mais da vidraçaria para pagar o que deixou atrasar em casa... Até que as contas virem uma bola de neve, crescendo cada vez mais.

Separar a vida profissional da vida pessoal é um requisito básico para qualquer profissional de sucesso. Não misture alhos com bugalhos.

 

2 - Não Planejar

Programa as entregas para datas impossíveis, fica com falta de material, depois com muito material estocado. Deixa o planejamento para lá, fazendo o trabalho aos picados e sem data certa para terminar.

Planejar é imprescindível para ter um negócio de sucesso. Não adianta basear sua estratégia de sucesso em dar "jeitinhos" ou ter sorte. Sorte é um benefício que raramente podemos contar, portanto esteja prevenido. Organize suas contas por data. Calcule horários e dias para que seus funcionários não percam tempo indo de um lugar para o outro. Confira de perto com seu distribuidor se as chapas chegarão a tempo.

 

3 - Clientes Insatisfeitos

Gritar de volta sua frustração não vai resolver o seu problema, e ainda corre o risco do cliente filmar e compartilhar nas redes sociais, arruinando seu negócio. Todos temos dias ruins, e alguns são especialmente piores do que os outros. Respire fundo (mesmo que pareça um pouco fora de lugar, controlar a respiração é um segredo de controle muito eficaz), e ouça as reclamações e solicitações. 

Anotar o que o cliente está dizendo geralmente pode acalmá-lo, já que ele terá a certeza de que sua insatisfação está sendo registrada. Ofereça um copo de água, e tome um você mesmo. Ofereça soluções plausíveis, ou diga que vai tornar o caso uma emergência em sua agenda e que irá resolvê-lo o mais breve possível. O cliente nem sempre está certo, mas geralmente fica com a razão.

 

4 - Falta de produtos diferentes

O cliente chega à sua vidraçaria. Animado, você mostra para ele três vidros... Iguais. Você talvez saiba a diferença entre eles, mas se não forem visivelmente perceptíveis, seu cliente não vai entender direito e simplesmente optar pelo mais barato.

Para evitar esse problema, conte com os vidros UBV. São mais de 20 padrões diferentes, que certamente irão agradar o seu cliente. As opções são variadas, e você pode oferecer box e janela nos mesmos vidros fantasia, ou diferentes se for do gosto do cliente.

Esperamos que nossas dicas ajudem seu dia-a-dia na vidraçaria, e boas vendas!