Ligue Agora: (11) 4704-2530

Notícias

Fique por dentro das novidades do setor

PRATICIDADE NA COZINHA

Utilizado para dividir ambientes integrados e como revestimento diferenciado de paredes e portas de armários, o vidro ganha cada vez mais aplicabilidade graças à criatividade dos projetistas e versatilidade do material


Tendência na arquitetura de cozinhas desde 1930, a presença do vidro para revestir paredes, especialmente com a aplicação das pastilhas de vidro, ganha inovações e novas possibilidades de utilização para facilitar o dia a dia deste ambiente, de acordo com as arquitetas da EFTM, Erika Fukunishi e Thalita Miyawaki. Em substituição às tradicionais pastilhas, os painéis de vidro, desde que bem instalados e isolados, facilitam a limpeza por não possuir rejuntes e emendas. O material é utilizado também de outras formas, em superfícies de paredes, portas de armários, tampos de bancadas, ou simplesmente para criar fechamentos móveis ou dividir ambientes, e até como lousa de recados, entre outras aplicações, sendo o uso de vidros pintados nas portas de armários o mais comum. “Poucas empresas de cozinha trabalhavam com este material e os perfis, acabamentos de alumínio e puxadores não eram tão adequados como hoje. Também os padrões de cores e acabamentos dos vidros estão muito abrangentes”, diz a arquiteta Rosa Tieppo, em referência à vasta gama de materiais, cores e tecnologias agregadas ao vidro, ampliando as possibilidades de criação. “Eu diria que de uns cinco anos para cá as opções aumentaram e o preço caiu. O processo é constante, porém não muito rápido. Há ainda uma resistência por parte dos clientes e o custo de móveis planejados com as portas de vidro ainda é caro”, ressalva Falchi. Para o arquiteto Daniel Kalil, as paredes revestidas de vidro coloridas são tendências claras pela facilidade do material, assim como as bancadas de vidro. Porém, neste caso temos um caminho a percorrer segundo o especialista. “A evolução do material permitiu a utilização em novos locais como na bancada, por exemplo. O vidro da bancada é especialmente tratado para resistir às necessidades do dia a dia. Para a aplicação do vidro nas portas dos armários, gosto de usar cores neutras, pois você não precisa trocar o armário todo se quiser repaginar o ambiente posteriormente. Já as no revestimento de parede você pode abusar das cores, pois a troca é super fácil e sem sujeira”, sugere. As arquitetas Erika Fukunishi e Thalita Miyawaki contam que uma tendência de 2016 para paredes e especialmente para as portas dos armários das cozinhas é a utilização dos vidros bronze e titanium com a impressão a laser com verniz fosco para criar um efeito escovado.